Nápoles: história, alegria e gastronomia

Conheça Nápoles e entenda a alegria italiana no berço da Pizza

Pizza Napolitana

Autêntica Pizza de Nápoles

Nápoles – a alegria italiana no berço da Pizza.

Capital da região da Campânia – sudoeste da Itália, tem sua fundação séculos a.C. e atualmente conta com uma população de 1.000.870 hab.

Localiza-se próxima do vulcão Vesúvio, que encontra-se ativo até os dias de hoje.

Foi responsável pela destruição da cidade romana de Pompeia e por soterrar a cidade de Herculano.

Sítios históricos onde foram encontrados séculos de arte e arquitetura.

Do bairro espanhol ao castelo de Sant’Elmo ou Praça do Plebiscito, passando pelo centro antigo, não falta o que ver e fazer em Nápoles.

Ao caminharmos pelas ruas, repletas de turistas, comércio e história, já sentimos que a vida pulsa em Nápoles.

E como aperitivo, não podemos deixar de lembrar da variada gastronomia napolitana.

Sonho de consumo da maioria dos viajantes que visitam a cidade considerada como o berço da Pizza.

COMO CHEGAR?

Neste post vamos abordar a chegada vindo de Roma.

Existem várias formas de chegar (carro, transfer, trem ) mas de trem considero uma das formas mais práticas e econômicas.

Sua estação principal Napoles Centrale faz jus ao nome, pois fica no coração da cidade, o que permite chegar e já sair para conhecer a cidade a pé ou de metrô.

A menos de 200 metros da estação, temos integração com sua rede de metrô, dentro da Galeria Comercial na linda Piazza Garibaldi.

Rede metro - Napoles

Estação Garibaldi – Nápoles

CHEGANDO DE ROMA

Nápoles possui conexões rápidas de trem para Roma (1 h 15 min), não dando ao viajante desculpas para não passar alguns dias ou mesmo fazer um bate e volta.

HOSPEDAGEM

Existem hotéis, pousadas, B&B por toda a cidade, mas a região no entorno da estação central de trem é  muito bem servida com opções para todos os orçamentos.

Essa proximidade facilita muito na chegada e saída com malas, sem necessitar pegar táxi ou uber.

TOUR GASTRONÔMICO

Que tal fazer um tour gastronômico noturno, para conhecer os sabores de Nápoles?

Não é difícil encontrar programas noturnos onde os turistas são guiados (em vários idiomas) pelas ruas do centro antigo e ao mesmo tempo parando para apreciar as delícias da autêntica gastronomia napolitana.

É uma oportunidade de percorrer suas ruelas repletas de histórias, monumentos e ao mesmo tempo saborear a gastronomia única dessa região da Itália.

E ela não se restringe só a pizza, vai também de molhos, massas, deliciosas sobremesas até o famoso licor de Limoncello.

RAGU

E o que é o ragu, afinal? Esse é o molho à base de carne cozida e tomate, tradicionalmente utilizado em toda casa italiana como acompanhamento de massas. Diferente do molho à bolonhesa, a carne não é servida picada, mas sim em pedaços pequenos.

Delicioso!

Rigatoni com Ragu - Napoles

Rigatoni com Ragu – Imagem de takedahrs por Pixabay

PIZZA DE NÁPOLES

Você comerá as melhores pizzas que já comeu na vida, mesmo escolhendo qualquer pizzaria mediana em Nápoles. O mesmo acontece com as massas: pode apostar.

De fato, o jeito de fazer a autêntica Pizza de Nápoles é único no mundo: digna da expressão “de comer com os olhos” e seu sabor é incomparável.

Existem diversas pizzarias famosas em Nápoles, normalmente as filas na porta são gigantescas, mas como falamos antes, é fácil encontrar excelentes pizzas como essa em locais menos conhecidos.

Autentica Pizza - Napoles

Autêntica Pizza napolitana – Imagem de Lyciouse por Pixabay

 

Espaguete ao vongole - Napoles

Espaguete ao vôngole – mais uma especialidade Napolitana

BAIRRO ESPANHOL/CENTRO ANTIGO

Não por acaso, o centro histórico é o coração de Nápoles e integra a lista de mais de 50 lugares considerados como Patrimônio Mundial da UNESCO na Itália.

PRAÇA DO PLEBISCITO

Local belíssimo onde acontecem grandes comemorações do povo napolitano.

Praca do Plebiscito - Napoles

Vista aérea da Praça do Plebiscito, ao fundo o Golfo de Nápoles – Imagem de Enzo Abramo por Pixabay

BATE E VOLTA INCRÍVEIS

Quem vem a Nápoles não pode ir embora sem fazer um agradável passeio de carro pela belíssima Costa Amalfitana (Sorrento, Positano, Amalfi, Ravello).

Ou mesmo um bate e volta às cidades históricas e impressionantes de Pompeia e Herculano bem como ao Parque Nacional do vulcão Vesúvio.

Segue o tempo de distância de carro saindo do centro de Nápoles:

Pompeia: (38 min)

Herculano: (13 min)

Vesúvio: (35 min)

Sorrento: (58 min)

Positano: (1 h 15 min)

Amalfi: (1 h 19 min)

Ravello: (1 h 35 min).

HERCULANO

Complexo arqueológico localizado à apenas 10 km do centro de Nápoles.

Oportunidade de conhecermos uma antiga cidade romana, soterrada pelas cinzas da erupção do vulcão Vesúvio em 79 d.C.

Por estar mais perto do Vesúvio do que Pompeia, as cinzas atingiram Herculano com mais intensidade, deixando a cidade completamente soterrada.

Graças a isso, por outro lado, as casas, termas e tabernas, ficaram mais preservadas do que em Pompeia, o que já justifica visitar Herculano.

As escavações na cidade de Herculano começaram no ano de 1738 e permitiram encontrar uma enorme quantidade de objetos do quotidiano da época.

Também encontramos esqueletos petrificados em pé ou deitados, devido a rapidez que o mar de lama os encobriu.

DICA: Visitar Herculano e Pompeia no mesmo dia é muito cansativo, ainda mais se for no verão italiano.

POMPEIA

Um dos locais mais visitados de toda a Itália, Pompeia é outra cidade do antigo Império Romano soterrada pelas cinzas, na sequência de uma erupção do Vesúvio do ano 79 d.C.

Faz parte da lista das cidades classificadas como Patrimônio Mundial pela UNESCO.

Também como Herculano, em Pompeia as cinzas e lamas do Vesúvio cobriram casas, objetos (e também os corpos das vítimas) protegendo-os dos efeitos do tempo.

Ao longo dos anos, as escavações arqueológicas revelaram uma Pompeia congelada no tempo.

Visitar Pompeia também é como protagonizar um filme “De volta para o passado” e viver por um dia numa grande cidade da Roma Antiga.

Imperdível.

ILHAS PARADISÍACAS

As ilhas principais e mais próximas do Golfo de Nápoles são: Capri, Ischia e Procida.

Existem duas formas de chegar em nelas, partindo do Porto de Nápoles:

– ferry boats, balsas para carros, que saem do Terminal da Calata Porta di Massa

Aliscafo – barcos rápidos tipo Katamarã/Aerobarco, que saem do Terminal de Molo Beverello.

Saída barcos para Capri - Nápoles

Saída barcos para Capri

Os dois tipos saem da Baía de Nápolis.

Como ir de Napoles a Capri

Como chegar a Capri – Fonte: Caprionline / https://www.naplesbayferry.com

Dependendo do seu tempo e disponibilidade, vale a pena um bate e volta ou pernoite em Capri.

Com hotéis e pousadas de cinema, a ilha reserva uma série de passeios em suas prais e ao seu redor, em diversas grutas e rochedos, tais como o conhecido Faraglioni rocks.

Outro passeio inesquecível saindo de Nápoles é conhecer a estrada que liga as lindas cidades de Sorrento, Positano, Amalfi e Ravello,  mostrada no post: Costa Amalfitana: rota de charme e beleza.

CONCLUSÃO

Nápoles é uma cidade com alma. De uma beleza tão monumental, com seu povo expansivo, está sempre de portas abertas a receber seus visitantes.

O agito nas ruas estreitas, com roupas penduradas nos sobrados tipicamente italianos, aparenta uma Nápoles agitada, mas ao mesmo tempo, convive em harmonia com sua história, palácios e monumentos em cada esquina.

Com características mais descontraídas do que no norte, o napolitano é conhecido pela sua alegria e agitação.

A pouco mais de uma hora de Roma, encontramos uma outra Itália: Nápoles.

Podemos definir a capital da região da Campânia como: simpática, com alma viva e muita história escondida em cada ruela.

Não deixe de incluir na sua próxima viagem uma fugida para conhecer a alegria de Nápoles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *